Red







Coração de Mãe, no Barreiro (primeira foto, de Bernardo Carvalho).
Pitangas do quintal da minha mãe, São Paulo (foto de Jun Kono).

5 comentários:

macati disse...

hmmmmm que sabor tem? é sumarento? é parecido com quÊ? como é qdo cortado transversalmente? e longitudinalmente? fiquei curiosa...

ana magalhães disse...

Estive no barreiro ontem com os meus filhos.Trouxe o cartaz, adorei!

Yara Kono disse...

Manelita, são pequeninas, sumarentas e sabem à... pintanga! :D

Ana, que bom que gostaste... O Bernardo é um ilustrador muito talentoso! x

saloia disse...

beautiful beautiful red

buebau disse...

Não via pitangas há uns 28 anos... que saudades...
Tinha uma pitangueira no jardim de casa, em Angola.