Palavras bonitas



Não, não são para mim...
São palavras (bem bonitas) de Climério Ferreira, para a super Fernanda Takai.

Ela (a Fernanda), é das minhas cantoras brasileiras favoritas, já esteve algumas vezes cá, e tem feito juntamente com o marido John, alguns projectos em parceria com os Clã.







Já há muito tempo que sequer tocava na minha máquina de costura... e soube bem escolher os tecidos, cortar, alinhavar e cozer.

Ganhei forças e decerto vou conseguir terminar a saia que comecei e ficou a meio, e também pensar num bom fim para o que restou dos lindos galões da Rosa, que comprei para oferecer às minhas prendadas tias e primas paulistanas.

xxx



Minhas agulhas estão enamoradas...

Toalha de mesa





Ao fim de um belo encontro entre amigas, já no nosso clássico sítio do costume, a toalha de mesa nunca sai ilesa. Seja com respingos de café, do comer, ou dos sarrabiscos que fazemos... soube bem "sorver" o caldo e trocar muitas boas ideias.

Será que foi por isso que a Isa ofereceu-me este caderno?

Tricô e verão, deu samba?







Deu samba sim senhor.
No último acalorado encontro das Tricotadeiras, muitas substituíram as agulhas de tricô pelas de crochê, eu ainda fiquei pelas de tricô, mas quem sabe um dia?

O próximo encontro já está marcado, numa bela esplanada com cheiro a maresia.

Sampa é cinza...







... mas também é vermelha, azul e laranja.

Ele-eu





O "Ele" é um amigo de longa data, já nos conhecemos há 15 (cruzes!) anos. E é dos poucos que faz questão de me ver sempre que volto à santa terrinha.

Sampa na cabeça

Com tanto para ver, ouvir, amigos e familiares para visitar, acaba por sobrar pouco tempo para relaxar. Este raro momento aconteceu ontem, quando li, rabisquei, cochilei, olhei...


... para cima.


... para baixo.

O que rolou: Flip, a maior feira literária do Brasil, Parati, RJ.
O que está rolando: Bienal Internacional de Arte e Tecnologia, Emoção Art.ficial 4.0 e Bossa na Oca.
O que ainda vai rolar: Animamundi, Festival Internacional de Animação, no Rio e em São Paulo.

Paragem





Com escala em Paris, aproveitei para ler, meditar, sarrabiscar, fotografar o tecto...



...e comprar livros.

A revista Pirouette, distribuida durante o vôo (apenas para a criançada - imaginem a cara da aeromoça quando pedi um exemplar...).

Marc Boutavant