Vou "borboletear" em Braga, já volto.



Para a Agenda Cultural da CMCascais, pelo Planeta Tangerina.

Também esta, esta e mais esta.

Andam por aí...









Sábado, eu e a Carla fomos ao CCB espreitar "As Criaturas" de Carolle Purnelle e Nuno Maya. Elas são fantásticas e lá ficam só até o dia 31.

Outras criaturas:
Tin Dog, by Jules Knoblock.
See-through Predator, by Lizette Greco
Ouriço-cacheiro





Tired ninja.



Ontem no (abarrotado) Café Quadrante: Carlos Barreto, José Salgueiro e Miguel Martins.
Jazz às 5.ªs

Workshop de diários gráficos


(o surrado diário pertence ao Mestre Catarino)

Este workshop promete... Sob a orientação dos Mestres João Catarino e Richard Câmara.

As entrevistas de selecção estão agendadas para o dia 12 de Setembro e o workshop decorre entre os dias 15 e 19 do mesmo mês.
Para mais informações: cieam@fba.ul.pt ou no site da FBAUL

Do fundo do mar da Croácia



Foi uma agradável surpresa receber este belo postal, ilustrado pela minha querida amiga que está lá longe...

Obrigada Kaja.

Sylvie Courvoisier - Lonelyville





Jazz em Agosto



Piven world





Kim Jong Il e Borat, pelo ilustrador israelita Hanoch Piven.







Há um ano atrás estava eu em São Paulo, a descobrir ao acaso, o trabalho da Fefe (Talavera). Acabei por conhecê-la em "persona" e fazer o seu workshop no SESC Pinheiros.

A partir daí, comecei a ver a arte de rua com outros olhos.

Margaret Kilgallen, que ficou pelos 33.
Blu
Os Gêmeos
The graffiti project (on Kelburn Castle)

B-shirt



Eu visto um livro. Assumo o meu vício.

Votem em mim!
mangacurta



Para mim, já lá vão mais de 5 anos. E por menos importância que se dê ao facto, sempre assusta um pouco... já não temos vinte e poucos, já estamos a caminho dos "enta"! Quar(enta), cinqu(enta)...

Mas além do "pequeno susto", entrar na casa dos 30 foi um marco muito importante para mim. Finalmente encontrar uma área de actividade em que me sinto à vontade, conviver com um grupo de trabalho excepcional e estar rodeada por tantas pessoas amigas (criativas e fantásticas).

Trintona com muito orgulho! É isso que desejo à minha querida mana, que é a caçula sim, mas que a idade já não faz tanta diferença como há alguns anos atrás. Conversamos, nos entendemos e é uma grande amiga, além de amada irmã.

..

A Miriam também chegou aos 30!

..

Não tem a ver com os 30, é só um bonito trabalho: tiny toadstool

À volta do papel









Manuel de Brito, fundador da Galeria 111, deixou uma vasta e inestimável colecção. Em 2006 surge o CAMB, no (bem) recuperado Palácio dos Anjos, em Algés, onde tem sido exposto parte deste acervo, e que só agora tive a oportunidade de conhecer.

Até o dia 21 de Setembro, está patente a exposição "À Volta do Papel. 100 Artistas". Imperdível!

...

ESTAMPAGEM ORIENTAL - BATIK, SHIBORI E TRITIK
Parece-me um curso muito interessante, no Museu do Oriente.









Sempre o vemos ao longe e (eu) sempre tive (aquela secreta) vontade de lá por os pés... finalmente surgiu a oportunidade.
A visita ao Farol do Bugio foi guiada pelo historiador Joaquim Boiça e decorre apenas 1 vez ao ano. Foi uma pequena aventura lá chegar (e desembarcar) e foi muito interessante saber a história deste emblemático Farol pela voz de quem lá já viveu.

Graças ao Carlos das deliciosas Queijadas de Oeiras ainda (eu e a Cris) fomos a tempo de preencher as duas últimas vagas. Para os interessados, as inscrições começam em Junho, na Junta de Freguesia de Oeiras.

Otomo Yoshihide New Jazz Orchestra



video

Um concerto de música improvisada é sempre uma caixinha de surpresas: ou se ama, ou simplesmente se odeia (e muito)... Ontem fomos conferir o trabalho do compositor e multi-instrumentista Otomo Yoshihide e o saldo foi bastante positivo.
Com momentos musicais únicos, foi uma pena não termos visto uma intervenção vocal mais marcante por parte da Kahime Karie.

Outro ponto positivo: assistir o concerto ao ar livre e cercada de verde.
Mais outro: estar sentada em almofadas tão bonitas, em tecido africano.

Jazz em Agosto







Quem disse que uma pastilha elástica (goma de mascar) não pode ter uma embalagem mais gráfica? Comercialmente não resulta? Os japoneses estão cansados de provar que resulta sim.

Esta é "made in Brazil", foto by Carol Grilo.

Outras embalagens nipónicas: Japanese Graphics Now!

IF · Poof!



Ilustration Friday