Passam os anos e há pessoas (e coisas) que não mudam... penso que o meu pai é um desses casos (é certo que deixou de fumar, mas outro dia contou-me que dá-lhe, de vez em quando, "aquela" vontade desvairada e até sonha com isso...)

Sexta-feira ele fez 67 anos e trocamos meia-dúzia de palavras ao telefone, depois logo passou-o para as mãos da minha mãe...
Mas confessou-lhe depois, o quanto ficou contente por ter ouvido a minha voz, o bem que lhe fez a alma (apesar de ser ateu) e eu confesso agora, a mim também fez...

2 comentários:

Jun disse...

Linda foto e mensagem Netian
Papis adorou

mimo disse...

... amor é tudo, beijos ne fica com Deus